Um dia a Sombra Desceu

“Um dia a Sombra Desceu” do Grupo Teatralmente leva ao palco o diálogo surpreendente entre dois amigos na antessala de um parto. Inspirado no texto homônimo de Érico Verissimo no seu livro de estreia em 1932, o espetáculo mostra a loucura desabrochar em cena. Intenso, caótico, poético, a sombra da loucura descendo sobre a plateia.

Em cena uma porta, uma vitrola e o ambiente sombrio de uma casa humilde. Ao fundo uma porta. Dois amigos em agonia se debatem. A encenação é a própria expressão da loucura. Os atores vão numa escala crescente de rítimo, entonação, movimentos, assim como o texto carregado de contrastes conduz a plateia para um final surpreendente, mas sem conclusões. Toda a encenação é uma exposição crua da vida destes dois homens sendo consumidos pela loucura crescente.

Teatralmente